NOÉLIA E JERÓNIMO (Cabanas de Tavira, Algarve)

Partilha!

E assim do nada, o restaurante perfeito!

Há restaurantes que não precisam de apresentação. E não estou a falar de restaurantes só em Lisboa ou no Porto, há destes um pouco por todo o país. São aqueles restaurantes cuja fama é tão grande que levam a verdadeiras peregrinações para lá ir fazer uma refeição. Restaurantes com história, com pratos emblemáticos, que vão passando de boca em boca até se tornarem tão conhecidos que às vezes é quase impossível conseguir arranjar uma mesa.
Um desses restaurantes fica em Cabanas de Tavira (no Algarve) e chama-se Noélia & Jerónimo.
Para nós, ir à Noélia é já um hábito. Pelo menos uma vez por ano, lá vamos nós até Cabanas tentar arranjar mesa para almoçar ou jantar. A fama precede o restaurante e a lista de espera para marcações é longa, e quem aparece sem marcação arrisca-se a ficar algum tempo à espera. O truque é ir ou muito cedo ou então mais perto da hora de fecho 😉
O Noélia & Jerónimo é uma pérola. Aliás, é daqueles restaurantes simplesmente perfeitos! A fama vai crescendo, é difícil arranjar mesa, o serviço é mais a despachar, mas nunca deixamos de nos sentir queridos nem a comida sofre com isso. Com a própria da Noélia dentro da cozinha – e quem fica no interior do restaurante consegue ouvi-la a orientar o resto da equipa – há uma garantia extra de qualidade, que começa logo no produto fresco que é entregue pelos pescadores da Ria.
Na carta, maioritariamente peixe, com alguns pratos emblemáticos que vemos sempre sair repetidamente da cozinha. Há “simples” peixe grelhado mas muito mais do que isso, há pratos criativos que se tornaram verdadeiros clássicos. A carta já nos deixa a “salivar”, mas nenhuma das descrições nos prepara para o sabor de cada prato.
Podemos começar com as tapas, com várias à escolha, das quais a nossa preferida é a tapa de abacate e gambas, simplesmente fabulosa! Simples mas muito saborosa, e muito bem servida. Uma maravilha!!!
Mas ainda temos o salmonejo com muxama de atum, uma sopa espanhola que é uma espécie de gaspacho… sem ter nada a ver. Mas que tem um sabor incrível, a acompanhar com muxama de atum e algumas frutas. Ou, se simplesmente quiserem ficar pelo marisco, então é provar as conquilhas. Provavelmente as melhores que já comemos, com um molho DI-VI-NAL!!!
Depois, os pratos clássicos da Noélia. E mais clássico do que o arroz de limão com corvina e amêijoas não há! Uma dose que dá facilmente para 4 pessoas, um arroz maravilhoso, molhado, com acentuado sabor a limão. Mas o que é mais surpreendente é que a dose vem com quase tanta corvina e amêijoas com arroz! Um prato clássico que toda a gente devia provar pelo menos uma vez na vida!
Outro dos clássicos é o atum braseado com arroz de gengibre e manga, para o qual novamente não há palavras. Sem sombra de dúvida, o melhor prato de atum que já comi, braseado na perfeição e cheio de sabor, e o arroz excelente. E se esse arroz é excelente, então o arroz de coentros que acompanha as pataniscas de polvo é algo divinal! Assim como as próprias pataniscas, onde se conseguem perceber todas as texturas de sabor.
Como se isto fosse pouco, os filetes de peixe galo são igualmente fantásticos e suculentos, acompanhado por uma muito boa açorda de amêijoas. E outros filetes, os de bacalhau, também muito bons, acompanhados de um risotto de tomate. Nota-se aqui uma tendência para o arroz, não acham?

Há ainda bifes e saladas, tudo muito bem servido e com uma apresentação incrível! Tudo isto acompanhado por uma carta com bons vinhos, a preços um pouco elevados… por isso a cerveja é boa opção!
E para terminar em beleza, sobremesas!
Vão variando, por isso já pudemos provar o cheesecake de caramelo, que é muito bom, assim como a mousse de lima, que é simplesmente fantástica. Num registo ligeiramente abaixo temos a mousse de maracujá (um pouco pesada demais) e a taça de doce de morango com queijo.
Mas se tiverem sorte de estar disponível, aquilo que têm mesmo de provar é o bolo de laranja, amêndoa e gila (maravilhoso!) e a tarte de alfarroba, igualmente fenomenal! Duas sobremesas típicas e que fecham em grande uma magnífica refeição.
É impossível não sair da Noélia sem sentir que tivemos uma excelente refeição. Nota-se aqui não só um completo conhecimento dos produtos frescos como também execuções perfeitas. São pratos que se tornam clássicos instantâneos e que fazem realmente com que as pessoas venham de todo o país até Cabanas de Tavira. E se o meu restaurante de carne preferido em todo o país já ficava numa aldeia no meio do Alentejo (“O Bernardo”, do qual já aqui falámos), então podemos afirmar sem receios que este é o nosso restaurante preferido de peixe. 
Aliás, o Noélia e Jerónimo é um dos nossos restaurantes preferidos a nível nacional. Excelente!!!

Preço Médio: 28€ pessoa (com vinho)
Informações & Contactos:
Avenida Ria Formosa, Ed. Cabanas Mar – Loja 1 | 8800-591 Cabana de Tavira | 281370649

Comentários

Comentários

4 Replies to “NOÉLIA E JERÓNIMO (Cabanas de Tavira, Algarve)”

  1. Nelson Fernandes says: Responder

    Boa tarde, estou há 2 semanas a ligar para a Noelia todos os dias seguidos, várias vezes por dia, para efectuar reserva para dia 20agosto, mas nunca atendem.. Como consigo fazer?

    1. ondevamosjantar.com says: Responder

      Olá, Nelson

      A melhor forma é mesmo ir lá 🙂 Reservar é sempre complicado…

  2. Fernando Oliveira says: Responder

    Um bluff!
    A publicidade dada a este restaurante só deteriorou a qualidade e sobretudo o serviço.
    Já não é cozinheira Noélia mas sim um conjunto de principiantes necessários para alimentar as massas saídas da praia.
    Uma esplanada que traduz a massificação sem limites!
    Diz-se reservarem 40 lugares mas não se sabe como! Não é por telefone porque, até aí, é demonstrada a massificação para turista, tonto, porque acredita no que lê!
    Depois vem o arroz com manga e por aí fora como se se tratasse de cozinha de escola!

    Restaurante não aconselhado, de todo.

    1. ondevamosjantar.com says: Responder

      Fernando, temos pena de ouvir esta opinião. Mas vamos lá este fim de semana tirar as teimas 🙂

Deixe uma resposta