grande mundo royal restaurante chines calçada da ajuda lisboa

RESTAURANTES CHINESES EM LISBOA

Não se iludam! Não estamos a falar de restaurantes asiáticos, essa moda que começou no ano passado e continua a dar cartas. Estamos a falar de restaurantes chineses, só isso, tanto daqueles de buffet como dos que nos servem coisas estranhas à carta, desde os mais baratos aos outros mais sofisticados. Se gostam de comida chinesa, este post é para vocês! 🙂
Aqui ficam os nossos restaurantes chineses preferidos em Lisboa!

Grande Mundo/Royal (Belém)
Um dos restaurantes chineses mais antigos de Lisboa, e daqueles a que me lembro de ir desde há muito tempo (e agora continuo porque fica perto de casa!). Mesmo no início da Calçada da Ajuda (Belém), tem opção de buffet com muita variedade (e sushi também, claro), mas ficam melhor se pedirem à carta. E continua a ter um dos melhores patos à Pequim da cidade!

O Pato à Pequim no Grande Mundo, em Belém

The Old House (Parque das Nações)
Na ponta oposta da cidade, um restaurante chinês completamente diferente. Sofisticado, com preços mais elevados, mas com pratos verdadeiramente diferentes do habitual e com um nível de qualidade muito acima da média. Um restaurante para descobrir em várias visitas.

the old house restaurante cantones parque das nacoes porco
Carne de Porco com dupla confecção, uma maravilha!

Grande Palácio Hong Kong (Arroios)
É o restaurante chinês onde os chineses vão comer. É preciso dizer mais alguma coisa?! A carta oscila entre os pratos mais normais e outros completamente desconhecidos para nós, sendo que há ainda pratos que nem estão descritos na carta e são ainda mais alternativos! É ir… e deixar-se ir!

O Pato à Cantonesa é dos pratos mais normais no Grande Palácio Hong Kong

DIM SUM (Oeiras)
Um restaurante que serve gastronomia da Cantão (mais uma província chinesa), especialmente dim sum. Uma carta enorme, onde nos podemos perder durante largos minutos, mas onde as imagens ajudam bastante. A lógica é de partilha, por isso é ir em grupo e pedir muita coisa diferente!

Dim sum variado… no DIM SUM de Oeiras.

Dinastia Tang (Marvila)
Outro chinês um pouco mais sofisticado. O Dinastia Tang aposta numa ementa mais complexa e variada, com pratos diferentes dos que estamos habituados nos chineses normais, num espaço com um ambiente que mistura o intimista com o industrial.

Frango à Sichuan, no Dinastia Tang

Mr. LU (Arroios)
Quando entras num restaurante chinês e não percebes metade dos pratos que estão disponíveis na carta, já sabes que vais ter uma experiência no mínimo… diferente. No Mr. Lu nem tudo é bom, mas se querem provar coisas estranhas, então é o chinês para ir!

Corações de Frango picantes… pois!

Huang He (Praça de Espanha)
É o típico restaurante chinês para jantares de grupo! E, por isso está sempre cheio. O buffet é muito bom (em qualidade e variedade), os preços são convidativos e o ambiente é o que se quer para esse tipo de jantares.

Isto é só metade do buffet do Huang He…

Estoril Mandarim (Estoril)
Para o fim, outro clássico. O Estoril Mandarim existe há tanto tempo que se confunde com o próprio Casino do Estoril, e é dos chineses mais clássicos (e caros) da grande Lisboa. Cozinha chinesa mais ou menos clássica mas num ambiente formal (reflectido no preço).

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.