DAVID DA BURACA

DAVID DA BURACA

As memórias de infância são sempre diferentes quando revisitadas…

Sou daquelas pessoas que se lembra de pormenores da sua infância. E geralmente são pormenores relacionados com momentos, desde momentos em frente à tv até momentos em jantares de família. Mas aquilo que tenho percebido da pior maneira é que essas diversas coisas que guardamos da nossa infância como sendo muito boas, quando revisitadas nem sempre o são… Ora, o “Justiceiro” agora é simplesmente parvo, o “McGyver” não era assim tão engenhocas, os Guns não são a banda mais barulhenta… e o David da Buraca não é um excelente restaurante. É o ideal para grupos, sem dúvida! Mas é diferente do que me lembrava…

As minhas primeiras experiências com o David da Buraca foram em jantares de família. Mas não dos normais, apenas dos muito especiais (porque havia categorias de restaurantes para jantares de família). A visita era geralmente uma vez por ano, numa ocasião muito especial, e para comer javali, claro. Porque “os mais velhos” me diziam que era isso que se comia lá, e eu acreditava. Só tenho lembranças boas, de um restaurante cheio, com aquele barulho agradável que queremos nos restaurantes de jantares de família, e muita comida.

david da buraca benfica

Ora, o problema é que este é daquele tipo de restaurantes que fica na memória por ser uma referência, mas quando se regressa, a memória muda.
Desde que posso escolher os restaurantes onde janto, fui 3 vezes ao David da Buraca. Porque estava na zona, depois em versão jantar de aniversário, e finalmente para tirar as teimas. E as experiências foram sendo cada vez menos agradáveis…

Sendo um restaurante “tradicional” e “familiar”, seria de esperar que, em primeiro lugar, o serviço fosse 5 estrelas. Não é. Tem dias em que é melhor, e tem dias em que é completamente impessoal. E isso é bastante mau, especialmente quando o restaurante está quase vazio.
A comida não é má, mas a maioria não é mais do que normal. O cabrito é bem servido e cozinhado, a perna de borrego à padeiro é melhor, mas o arroz de pato é fraquinho, o que nos leva ao “mítico” javali que, sendo um ex-libris da casa, promete muito e cumpre só mais ou menos. O cozido é acima da média, mas não é extraordinário.

Nos peixes não passei do polvo à lagareiro (normalíssimo) e da açorda de gambas (bem condimentada e saborosa). Carta de vinhos cheia de referências mais tradicionais, mas sem exagerar nos preços.

david da buraca benfica
Continua, no entanto, a ser o ideal para jantares de grupo, daqueles que se querem simples.
Sei que é tudo uma questão de expectativas, e por isso insisti algumas vezes antes de tirar uma conclusão. Mas honestamente não consigo mesmo perceber se o David da Buraca já era um restaurante normalíssimo quando eu era miúdo, porque na altura tudo o que era diferente era genial. Ou se, por outro lado, foi perdendo algum carisma e qualidade, sendo agora apenas uma referência sem todo o conteúdo…

Preço Médio: 18€ pessoa (com vinho)

Informações & Contactos:
Estrada da Buraca, 20 | 1500-118 Lisboa | 21 760 6247

[codepeople-post-map]

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.