PORTO DE SANTA MARIA

PORTO DE SANTA MARIA

Spread the love

Aqui está o (novo) Porto de Santa Maria!

O Porto de Santa Maria é provavelmente o restaurante mais emblemático do eixo Cascais-Guincho. É daqueles restaurantes de que sempre me lembro de ter ouvido falar como uma referência de restaurante “fino”. Um sítio especial, mesmo em cima do mar, onde se encontravam pessoas das elites sociais, para comer o melhor peixe e marisco.

O restaurante nunca perdeu esse ónus, mas a verdade é que o boom dos “chefs superstar” e restaurantes trendy que surgiu desde há uns anos para cá afastou-o do top-of-mind de muita gente. Algo que a gerência e o Chef Paulo Matias querem agora corrigir.

A visita que fizemos ao Porto de Santa Maria foi no âmbito de um jantar especial, um jantar vínico. No ano em que comemora o seu 70º aniversário, e agora com o Chef Paulo Matias ao leme, o Porto de Santa Maria parece ter decidido voltar a ser uma referência na gastronomia da Grande Lisboa. Este jantar, que contou com a presença de vinhos seleccionados do Monte da Ravasqueira (e também azeites da Ourugal), apresentou-nos algumas criações especiais do Chef, mas que abrem caminho para o que se pretende fazer na nova ementa.

O menu preparado pelo Chef Paulo Matias e o Sommelier António Guerreiro mostra que a grande máxima do Porto de Santa Maria continua a ser a valorização do produto (nacional e especialmente local)… Mas também que há muitas ideias inovadoras para implementar.

Começamos com um lagostim braseado com espuma de citrinos e azeite de coentros, muito bem conseguido, acompanhado de um mil-folhas de banana e abacate. De seguida, um pudim de foie gras com uma geleia de Viognier, um prato que não foi nada consensual, demasiado “agressivo” para alguns.

Aquele que para mim é o prato da noite, infelizmente não o é para todas as pessoas na mesa. O goraz com puré de aipo e tártaro de ostras que me é servido está perfeito, mas metade da mesa recebe uma posta crua no meio, o que faz com que não tenham a mesma opinião que eu. A minha, como estava no ponto, resultou num prato excelente, com o tártaro de ostras que serve de crosta ao peixe a dar-lhe um “boost” de sabor fenomenal.

Num registo novamente muito positivo, temos o porco preto em crosta de especiarias com um excelente estufado de legumes de Inverno e um molho de frutos vermelhos um pouco intenso demais.

Nota-se um elevado cuidado no empratamento e também na louça escolhida, algo que é transversal a todos os pratos apresentados. Este é outro dos caminhos a trilhar pelo Chef no “novo” Porto de Santa Maria.

Fechamos este jantar especial com uma sobremesa fora de série – o quindim de pina colada com bolo esponja de côco e avelãs, magnífico! Criação da Chef pasteleira Mathilde Emiliano, que por si só já teria valido todo o jantar!

A selecção de vinhos foi também excelente (como se esperava), com destaque para o MR Premium tinto de 2012. E sendo um jantar vínico, não podia terminar sem uma visita à garrafeira do restaurante, que por si só é um mundo! Centenas de referências diferentes, o que demonstra toda a história do Porto de Santa Maria.

No final do jantar, em ambiente mais descontraído, o Chef Paulo Matias diz-nos que o Porto de Santa Maria vai sempre ter no seu ADN o servir o melhor produto, seja ele do mar ou da terra. Mas também pretende actualizar-se e apresentar novidades a nível de carta, pratos mais elaborados, que possam mostrar um restaurante virado para o futuro. E, pela amostra que tivemos nesta jantar vínico, parece-nos que estão claramente no bom caminho! 🙂

Preço Médio: (a nossa visita foi no decorrer de um evento especial)

Informações & Contactos:
Estrada do Guincho | 2750-642 Cascais | 21 487 9450

Leave a Reply