SANTO ANTÓNIO DE ALFAMA

SANTO ANTÓNIO DE ALFAMA

É um daqueles que recomendo sempre. 
Assim como é um daqueles a que volto regularmente.

Agora que começam as noites quentes, começa também a apetecer restaurantes onde não faz sentido pedir pratos principais, porque as ementas estão claramente viradas para ir petiscando até ficarmos cheios… Ora, o meu “primeiro” deste género foi o Santo António de Alfama e desde então nunca mais deixei de lá ir.

O Santo António de Alfama é o típico restaurante de petiscos onde podemos ir até tarde, porque está aberto até muito depois da meia noite. E tendo em conta a parvoíce dos restaurante com turnos ou dos que fecham antes dessa hora, isto já seria uma grande vantagem. E então no Verão, sabe mesmo bem jantar mais tarde…
Depois temos o espaço, que é outra grande vantagem: esplanada na rua e várias salas no interior, o que faz com que possamos estar à vontade na nossa mesa, com uma iluminação baixa e quente, muito cozy, e as paredes decoradas com inúmeros quadros com figuras do teatro, cinema, música, etc. Sabem quando vão ao Hard Rock Café e estão metade do tempo a tentar perceber quem são os artistas na parede? Aqui é a mesma coisa, mas de uma forma muito mais natural e interessante. O serviço é eficiente, e isso é suficiente. Porque o importante é a comida e isso dá muito que falar…

Acho que nunca pedi um prato principal aqui, e volto lá pelo menos uma vez por ano desde há uns 8 anos. Porque nos perdemos na carta das entradas e não queremos sair dali: gambas panadas com molho de pimento, os pimentos padrón (!!!), queijo brie panado com framboesa, a beringela com iogurte, os peixinhos da horta… Sim, estes são alguns dos preferidos, mas acho que provei tudo o que há na lista e nada me deixou desanimado. E, volto a dizer, nem sequer entrei pelos pratos principais, porque optei sempre pelo esquema de pedir 4 ou 5 entradas e ir picando, enquanto bebo um copo de vinho (a carta é normal e os preços acessíveis).

O único problema é que ainda têm sobremesas muito boas, por isso convém reservar algum espaço: o strudel de maçã, o bolo de chocolate (para quem gosta e eu não sou um desses), a meloa (com gelado de limão ou vinho do porto), o sorvete de limão com vodka… ok, nada de diferente, mas tudo saboroso.

E isto tudo para ficar até às tantas… porque podemos começar a jantar às 23h e ficar até às 2h, na conversa, a beber um vinho e a petiscar, sempre numa boa onda, sempre bem.

Preço Médio: 30€ pessoa (com umas 4 entradas e vinho a copo)

Informações & Contactos:
Beco de São Miguel, nº 7 |1100-538 Lisboa |218881328

[codepeople-post-map]

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.