rio maravilha restaurante

RIO MARAVILHA

Um Rio pouco maravilhoso. E muito caro.

Gosto sempre de ler o que se escreve sobre os restaurantes antes de os visitar. E já há muito que estávamos para ir jantar ao Rio Maravilha, porque tudo o que lemos foi sempre muito positivo. Curiosamente, toda a gente nos falava do sítio ser espectacular e ter uma vista excelente, mas só depois disso é que falavam da comida do Chef Diogo Noronha. Estranho…

rio maravilha restaurante

Interessante também é perceber, pelo menos nas plataformas onde se escreve sobre restaurantes, que muitas das opiniões positivas são de quem foi só beber um copo e não fez uma refeição. E começando sempre a falar do espaço e da vista maravilhosa.

Bom, vou ser apenas mais um a começar por dizer que o espaço do Rio Maravilha é realmente espectacular. O ambiente é muito trendy, cheio de cor e pormenores de decoração muito “instagramáveis”, mas onde se sente harmonia. Espaço giro check. E depois do espaço, a vista. Sim, excelente, para o Tejo, a ponte e o Cristo Rei, com enquadramento perfeito para as milhares de fotos que já foram aqui tiradas. Vista maravilhosa check.

rio maravilha restaurante

Mas um restaurante tem de ser mais do que isso, e aqui a promessa era a cozinha do Chef Diogo Noronha. Ora, a comida não é má… mas é estupidamente cara para a quantidade e mesmo qualidade em algumas das coisas que nos chegam à mesa.

E infelizmente este sentimento de que estamos a pagar demais para o que nos é servido acompanha-nos durante toda a refeição. Tanto as entradas como os pratos chegam ao mesmo tempo à mesa (algo que não devia acontecer) e tudo é demasiado pequeno. E não só.

rio maravilha restaurante

A batata e banana com molho de nata azeda, bacon e pimentão é um bom snack principalmente por causa do molho, mas tem quase nenhuma banana e o resto são simplesmente chips. Custa 5€.

rio maravilha restaurante

Os corndogs de alheira são também interessantes, bem fritos e com forte sabor a alheira, ainda que o molho de frutos silvestres e mostarda fique um bocadinho aquém do que esperávamos. 8€ por 6 bolinhas, menos mal.
Nos principais, a salada de lingueirão braseado e batata nova, com iogurte grego, pimento e pepino assado custa 14€… e além do lingueirão, todos os outros elementos são perfeitamente normais, sendo que tem pouco iogurte, o que torna o conjunto muito seco.

rio maravilha restaurante

A vitela mirandesa com beterrabas assadas, ervilhas tortas e shitake em picle traz a carne servida assim tipo rosbife, mas estamos a falar de umas 6 fatias pequeninas o que, depois de partilharmos pela mesa, dá 2 fatiazinhas a cada um, com 2 tirinhas de ervilha e 2 pedacinhos de beterrada. Não está mau de sabor, mas custa quase 16€.

O arroz cremoso de pato é o prato mais normal da refeição (é tipo um arroz de pato mas cozinhado como risotto), ainda que seja bastante saboroso. Mas vem servido num tachinho pequeno que já vi noutros restaurantes, onde o usam para servir os acompanhamentos. Aqui é a dose do prato mesmo. E custa mais de 17€.

rio maravilha restaurante

As sobremesas no Rio Maravilha custam em 6€ e 8€. Honestamente, só pedimos porque estávamos ainda com fome. Mas a pavlova de frutos silvestres com gelado de morango e pistachio foi sem dúvida o melhor da noite. E, por 7.5€, também é o prato mais bem servido que nos chega à mesa, sem sombra de dúvida! Boas texturas e sabores, muitos frutos vermelhos, tudo bem conseguido. Este justifica o preço alto. Mas foi preciso chegar ao final da refeição.

rio maravilha restaurante

Para beber, nem sequer fomos para os cocktails, todos com preços a rondar os 10€ ou mais, porque corríamos o risco de gostar e acabar a pagar um subsídio de férias só pelas bebidas. Ficámos pelo vinho, também muito inflaccionado. Que tivemos de ser nós a servir.

Isto leva a outro pormenor menos bom, que é o serviço, demasiado desatento e confuso, com várias pessoas a fazer a mesma coisa e a darem instruções diferentes uns aos outros no meio da sala. Algo lento também e sem grande atenção aos timings (as entradas chegam à mesa ao mesmo tempo dos pratos).

Ou seja, o Rio Maravilha, para nós, deixou muito a desejar. Sim, o espaço é muito giro e a vista vale mesmo a pena, mas a questão do preço vs quantidade e qualidade e também o serviço acabam por tornar a experiência bastante menos interessante do que podia ser. Preços de Chef pedem mais quantidade e sem dúvida sabores mais interessantes. Só se estamos simplesmente a pagar extra pela vista.
Utilizando a frase que se lê no espelho da sala, o Rio é do caralho. Mas não é este de certeza.

Preço Médio: 27€ pessoa (prato e sobremesa a dividir, com vinho mais barato)

Informações & Contactos:
Rua Rodrigues Faria, nº 103 – Piso 4 | Lx Factory | 1300-501 Lisboa | 966 028 229

[codepeople-post-map]

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.