RESTAURANTES QUE QUEREMOS VISITAR EM 2018

RESTAURANTES QUE QUEREMOS VISITAR EM 2018

Começa um ano novo e, depois dos balanços de 2017, é altura de projectar já os sítios que queremos conhecer em 2018. Tendo em conta que o nosso panorama gastronómico está cada vez mais agitado, há muita coisa que nos desperta o interesse, e por isso queremos partilhar convosco. Há restaurantes novos, outros que só agora nos despertaram o interesse, outros que ainda nem abriram e ainda alguns que transitam da wishlist do ano passado.

 

TABERNA FINA
Já escrevemos sobre a abertura deste novo espaço, e estamos ansiosos por ir lá jantar! O novo projecto do Chef André Magalhães (da magnífica Taberna da Rua das Flores) pode ser mais sofisticado, mas de certeza que vai ser uma fantástica homenagem à cozinha portuguesa.

QUORUM
2018 marca a chegada a Lisboa de um chef português com estrela Michelin. O Chef Rui Silvestre, do Bon Bon (Algarve), vai abrir o Quorum na zona do Chiado e promete um conceito inovador e envolvente. A ver vamos!

MARISCADOR
É verdade que ainda não conseguimos ir à Taberna Ó Balcão, em Santarém, mas este parece-nos um caso de “quando Maomé não vai à montanha, a montanha vem a Maomé”. O Chef Rodrigo Castelo vem a Lisboa e vai abrir uma marisqueira clássica na praça de touros do Campo Pequeno. Provavelmente ainda em Janeiro!

PRADO
Aberto no final do mês de Novembro, promete ser uma das grande novidades do início de 2018. Fica na zona da Sé e trata-se de um projecto do Chef António Galopito, onde os produtos são recomendados directamente pelos fornecedores, o que significa que a carta está em constante mudança. Quem já foi lá diz-nos que é fora de série! 😉

LUMNI
O novo projecto do Chef Miguel Castro e Silva – que entretanto encerrou o De Castro Flores e o De Castro Elias. Fica no último andar do Hotel The Lumiares, no Bairro Alto, tem uma vista fantástica para a cidade e, como não podia deixar de ser, cozinha de autor com o toque do Chef Miguel.

 

Esta lista é mais extensa do que a do ano passado, porque há restaurantes que, não sendo novos, nos foram despertando a atenção durante o ano passado e, por isso, tencionamos dar lá um salto em 2018. São eles:

BOI-CAVALO
Considerado um dos restaurantes mais irreverentes de Lisboa, este pequeno espaço tem na cozinha o Chef Hugo Brito. Não só tem uma carta rotativa sempre com propostas que parecem deliciosas, como é dos restaurantes que mais nos perguntam se conhecemos ou quando vamos visitar. Vai ser este ano!

FEITORIA
É a casa do Chef João Rodrigues, um dos melhores de Portugal. Criações surpreendentes num ambiente de Estrela Michelin, mas onde o mais importante é o produto e o respeito que se tem por ele. Este é daqueles restaurantes onde já sabemos à partida que vamos ter uma experiência única.

KANAZAWA
Agora com o Chef Paulo Morais ao leme, este é uma experiência intimista que nos deixa com água na boa! E como agora até tem menus de degustação mais acessíveis a nível de preço, já não há desculpas 😉

GOJUU
É daqueles restaurantes que temos andado a adiar sem motivo aparente. Considerado por muitos o melhor sushi de Lisboa, agora já serve jantares, por isso deixa de haver desculpa para não fazer uma visita.

PESCA
O novo projecto do Chef Diogo Noronha tem uma ementa exclusivamente dedicada ao peixe, mas muito longe do tradicional. Um restaurante que abriu no último trimestre do ano passado e que rapidamente criou um grande buzz à sua volta.

O LADO BÉRTOLO
O Alto dos Moinhos foi a zona escolhida pelo Chef Miguel Bértolo – segundo classificado no World Sushi Cup – para o seu primeiro restaurante depois da conquista. Certamente podemos contar com peças de assinatura do Chef e toda a qualidade que se espera num restaurante japonês.

PANORÂMICO
Pode não estar no sítio mais glamoroso do mundo – Tagus Park – mas é um restaurante a ter em grande conta para 2018. Trata-se do novo projecto da Chef Marlene Vieira, que continua a explorar uma versão moderna dos sabores mais portugueses, num espaço requintado e moderno. E o menu de almoço tem um preço muito em conta!

GOURMET EXPERIENCE
Pois que é o novo foodcourt da cidade, no piso 7 do El Corte Ingés. Mas é um foodcourt gourmet, ou seja, está cheio de espaços de Chefs famosos e premiados, como por exemplo José Avillez (com a Tasca Chique e o Jacaré), Henrique Sá Pessoa (com o Balcão) ou Kiko Martins (com O Poke). A eles juntam-se ainda alguns conceitos e Chefs internacionais: o Imanol (do Chef basco Aitor Ansorena), o Cascabel (resultante de uma parceria do Grupo Avillez com o Chef Roberto Ruiz) ou o Atlántico (do Chef Pepe Solla). Promete, não promete?

 

E depois ainda há alguns restaurantes que estavam na nossa whishlist do ano passado, mas onde simplesmente não conseguimos ir. Por isso continuamos a incluí-los nesta lista:

O ASIÁTICO

o asiatico

ALMA

LAB BY SERGI AROLA

lab by sergi arola

LEOPOLD

YAKUZA FIRST FLOOR

yakuza first floor 2

 

Ou seja, vamos ter um ano recheado de boas experiências! 🙂

1 comentário em “RESTAURANTES QUE QUEREMOS VISITAR EM 2018

  1. Se “O Lado Bértolo” tiver a qualidade (e o atendimento, meu deus…) do anterior restaurante “Sushill Out” onde o “chef” Bértolo já estava (é o mesmo restaurante, só mudou o nome, não há novidade nenhuma…), irão ter uma (muito) desagradável surpresa.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.