PÁTEO DO PETISCO

Petiscos iguais aos outros, mas o preço compensa!

 

O que mais me irrita nesta vaga de tascas modernas e casas de petiscos é que a criatividade é pouca, a nível de decoração e especialmente a nível da própria comida. Quantas maneiras diferentes há de fazer ovos mexidos com farinheira ou peixinhos da horta? Será que existe uma matriz de ementa para este tipo de restaurantes que é suposto copiar? Tipo fórmula de sucesso… Honestamente, acho pouco original e genuíno. Se há uma coisa em que somos melhores do que a maioria dos outros países é na gastronomia, por isso é só perder um pouco de tempo e explorar os petiscos que se servem aí pelo país fora.

Dito tudo isto, acabo na mesma por entrar no Páteo do Petisco, no novo Mercado da Vila em Cascais. Almoço de Sábado, completamente cheio, pelo que fico ao balcão. Atrás dele, pessoal simpático e com genica, ainda que um bocadinho à-vontade demais para o meu gosto (se calhar sou só eu, mas não gosto de ver os empregados a comer e beber imperiais atrás do balcão, enquanto me estão a servir).

A ementa (na versão impressa ou na versão escrita na inevitável parede de ardósia) consiste em petiscos, bifes, algum marisco e ainda outros pratos de peixe e carne. Mas o principal são os petiscos, onde temos os clássicos ovos mexidos, peixinhos da horta, pica-pau, etc etc etc. Nada de novo, portanto. Mas pedimos uns poucos, daqueles habituais.

Começamos com croquetes de alheira e de morcela, melhores os últimos (ou pelo menos mais diferentes do habitual). Ao mesmo tempo, os peixinhos da horta são maiores que o normal mas não estão estaladiços como seria suposto. Os ovos rotos são bastante bons, a apetecer comer mais do que uma dose. Assim como o pica-pau, cortado em tiras fininhas o que lhe dá uma textura estranha, mas o molho é excelente (daqueles que está mesmo a pedir pão atrás de pão). Ainda no registo muito bom, o choco frito.
Não pedimos pratos e passamos logo às sobremesas, onde há quase tanta escolha como nos próprios petiscos. Mas se as duas mousses que provámos sabem só a leite condensado (a de limão e a de maracujá), a tarte de banana é surpreendentemente saborosa.

Ok, não é uma novidade, mas é inegavelmente melhor do que outros restaurantes de petiscos que têm aberto ultimamente. E com a vantagem de ser rápido e barato, o que o torna num bom ponto de encontro de amigos.

Preço Médio: 10€ pessoa (com 2 imperiais)

Informações & Contactos:

Mercado Da Vila | Rua Padre Moisés da Silva, 29 | 2750-437 Cascais | 218002663

[codepeople-post-map]

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.