lisboa à vista restaurante sofisticado cacilheiro seixal 3

LISBOA À VISTA

Um jantar com vista, num barco com história.

A maioria dos lisboetas tem um estigma qualquer com a margem sul. Ou porque não conhecem mais do que a Caparica, ou porque não parece apelativa quando se vê de Lisboa, ou simplesmente porque a ideia de atravessar a ponte parece levar-nos para uma viagem demorada e cansativa. E é ainda pior quando se fala em ir jantar a qualquer restaurante nessa margem do Tejo (com a excepção do Sushic, vá-se lá saber porquê). Mas a verdade é que as distâncias são assim tão grandes (às vezes demoramos mais tempo a ir de uma ponta à outra da cidade do que a passar a ponte e ir até Almada ou Seixal) e começam a aparecer conceitos muito interessantes por essas bandas.

lisboa à vista restaurante sofisticado cacilheiro seixal
O que nos levou ao Seixal foi um restaurante novo e que despertou a nossa curiosidade: o Lisboa À Vista. E despertou curiosidade porque fica dentro de um cacilheiro, o Rio Tejo Segundo, ancorado mesmo à entrada do centro do Seixal, por isso é fácil de dar com ele. O barco é muito bonito, completamente recuperado, assim como a cabine por onde temos de passar, ainda em terra, que ajuda ainda mais a criar o ambiente pretendido.

lisboa à vista restaurante sofisticado cacilheiro seixal 2
Em primeiro lugar, a vista, que é bonita ainda que Lisboa esteja lá mesmo muito ao fundo. Resultará melhor no Verão, talvez, apanhando ainda o final de tarde e vendo as luzes da cidade a acender. Aliás, o deck do barco vai em breve abrir como esplanada para o Verão, o que vai dinamizar ainda mais o espaço.

Mas mais do que a vista, é o ambiente que nos seduz logo à entrada. Vamos jantar dentro de um barco, um barco que tem mais de 100 anos de história mas, por ter sido completamente remodelado há um ano, tem um ambiente muito acolhedor mas sem nos fazer esquecer onde estamos. Dois pisos com diferentes funções e ambientes: o de baixo é bar, com tons mais claros e música mais alta; e o de cima, o restaurante, com iluminação mais baixa e decoração mais cuidada, para maximizar a experiência. Pontos comuns a ambas as zonas são a utilização de todo o tipo de maquinaria do próprio barco (que agora já não navega) para criar pormenores de decoração muito originais e que ajudam a criar o ambiente, e também a utilização da cortiça nos bancos e cadeiras, outro pormenor que funciona na perfeição. Até às casas de banho vale a pena ir de propósito, porque têm pormenores deliciosos! 🙂

lisboa à vista restaurante sofisticado cacilheiro seixal sala jantar
A carta é dominada pelo bacalhau da Noruega, cozinhado de diversas formas. É uma carta simples, que não recorre a nomes pomposos nem técnicas elaboradas de confecção, porque a ideia é deixar os ingredientes falarem por si.

lisboa à vista restaurante sofisticado cacilheiro seixal foie gras
Estávamos de olho na canja de bacalhau mas há outras duas entradas a que não conseguimos resistir: o folhado de alheira de leitão, que se revela perfeitamente normal, ainda que bem recheado e acompanhado de um bom puré de maçã; e o foie gras, que nunca falha e nos dá aquele prazer culpado, que aqui vem com um chutney de figo bem interessante.
Nos pratos, peixe e carne. Claro que pedimos um bacalhau, o lombo confitado com puré de grão de bico e crocante de queijo da ilha, uma dose enorme, um lombo que dava para duas pessoas, bem cozinhado, saboroso, com espinafres muito bons e um puré delicioso. O bife do lombo com molho 3 pimentas é uma escolha mais normal mas a carne era tenra e o molho estava muito bom, pelo que a nota continua alta.

lisboa à vista restaurante sofisticado cacilheiro seixal bacalhau
Para terminar, as sobremesas, também com uma apresentação cuidada mas sempre em doses muito generosas: o cheesecake de ananás com manjericão, forte no sabor do fruto; e a tarte de avelã com gelado de licor de whisky, excelente pela diversidade de texturas e tão boa!

lisboa à vista restaurante sofisticado cacilheiro seixal sobremesa
Ou seja, este podia ser apenas mais um conceito engraçado que depois falha na execução. Mas não é, felizmente! O Lisboa À Vista resulta como ideia, porque o barco realmente proporciona uma experiência fora do comum (em qualquer uma das suas vertentes, quer seja bar ou restaurante), ou seja, estamos realmente a jantar dentro de um barco. E resulta também na comida, que destaca os ingredientes e a apresentação dos pratos, tornando a refeição num momento inesquecível.
Vale bem a pena atravessar a ponte de carro para ir jantar neste barco.

Preço Médio: 30€ pessoa (com vinho)

Informações & Contactos:
Cais da Mundet | 2845-248 Seixal | 916 816 166

[codepeople-post-map]

2 comentários em “LISBOA À VISTA”

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.