il fornaio 178 italiano

IL FORNAIO 178 (Porto)

Pizza napolitana? Sim, por favor!

Longe vão os tempos em que as pizzas que todos nós conhecíamos eram as da Telepizza ou da Pizza Hut. Desde há bastante tempo que foram começando a aparecer novos restaurantes que nos foram mostrando que as pizzas podem ter massas diferentes, muitos ou poucos ingredientes, ser feitas ou não em forno de lenha, ou mesmo as diferenças entre as pizzas de regiões diferentes de Itália (ou ainda de fora de Itália)! Por isso, o que acontece cada vez mais com os novos italianos que vão abrindo um pouco por todo o País é tentarem diferenciar-se pela especificidade da oferta. O que, no caso das pizzas, tem cada vez mais a ver com a sua tipologia (ou, se quiserem, proveniência).

E isto leva-nos então do Il Fornaio 178, um dos restaurantes do momento no Porto. Sendo que o campo da restauração na cidade invicta continua tão vibrante que esse “momento” pode nem demorar tanto tempo como se espera, mas pronto. Ora, porque é que o enquadramento do parágrafo anterior é importante? Porque o Il Fornaio 178 se apresenta com o destaque de servir a verdadeira pizza napolitana. Pelo menos a nível da massa.

il fornaio 178 italiano

“E o que é que diferencia a pizza napolitana das outras variantes”, perguntam vocês. Pois que tem muito a ver com a própria massa, que deve ser fofa e quase elástica, alta nas bordas, para se poder dobrar ao comer (ou comer de garfo e faca, se forem esse tipo de pessoas). Isto só é conseguido com um determinado tipo de farinhas, num forno a lenha com temperatura específica e até há um tempo certo para a cozedura. Muito diferente da tipologia romana, por exemplo (que é uma pizza com massa mais fina e estaladiça), na versão napolitana a massa acaba por dar um sabor extra à pizza, tornando todo o conjunto muito mais… saboroso.

O Il Fornaio 178 serve-nos então uma pizza ao estilo napolitano, como podem ver na foto em baixo. E para começar logo por aí, é uma pizza fantástica! Fantástica por causa da conjugação de todos os ingredientes com a própria massa, que é o que deve acontecer em qualquer boa pizza. A massa é efectivamente fofa, com as bordas altas, e os ingredientes são bem distribuídos pela base e também em boa quantidade. Mas já voltamos à pizza mais tarde.

Porque a carta do Il Fornaio 178 tem mais do que pizzas, ainda que elas sejam o seu principal destaque. De resto, há aquilo que normalmente encontramos num restaurante italiano um pouco acima da média.

Começamos por algo muito simples, porque a comida italiana é feita de pratos simples mas bem executados e com excelente matéria-prima. A Bruschetta Caprese tem apenas mozzarella búfala, tomate, azeite, manjericão e orégãos, sobre o pão torrado, uma entrada que só podia ser má se os ingredientes fossem maus… Felizmente é o contrário: ingredientes excelentes para uma entrada muito boa!

Por outro lado, os Arancini surpreendem, mas só por causa do tamanho. Exagerado, digo eu. Porque o que é interessante nesta pequena entrada italiana é a proporção entre o arroz (que deve ser cremoso, tipo risotto) e o recheio (a maioria das vezes de queijo). Se a proporção for a correcta e o arroz estiver no ponto e saboroso, os arancini serão perfeitos… mas não é o que acontece aqui. Porque aquilo que geralmente são pequenas bolas aqui são pastéis enormes, com demasiado arroz e demasiado seco. O queijo perde-se completamente e o arroz vai ficando gradualmente mais seco, tanto que nem o bom molho de tomate que acompanha os arancini melhora o conjunto. É uma pena…

A pizza, sobre a qual já escrevemos em cima, é realmente o melhor da noite, tanto pela massa excelente tanto a nível de sabor como na sua textura, como também pelos ingredientes. Pedimos a Pizza Bresaola, que tem mozzarella, bresaola, rúcula, tomate cherry confitado, parmesão e raspa de limão, o que até podem parecer demasiados ingredientes mas não são. Tudo neste mix de ingredientes faz sentido e acabamos por destacar a bresaola e o parmesão, excelentes! Napolitana ou não, a qualidade destes ingredientes fazem desta uma pizza fantástica.

il fornaio 178 italiano

Pena depois voltarmos a ficar desiludidos com a sobremesa… O Tiramisu do Il Fornaio 178 vem servido dentro de um frasco, sobre uma tábua, com um palito La Reine a decorar, tudo muito fofinho. Mas depois o tiramisu não tem textura nenhuma, é basicamente um creme com um toque de canela, sem qualquer sabor a café… Muito longe de um tiramisu verdadeiro, aliás, muito longe de sequer ser um bom tiramisu.

il fornaio 178 italiano

Num jantar com muitos altos e baixos, destacou-se claramente aquilo que é o principal destaque do Il Fornaio 178: as pizzas. São boas, feitas como deve ser para cumprir o estilo napolitano e os ingredientes são também muito bons. Por isso, numa próxima ida ao Porto, quando tiver apetites de pizza, sei exactamente onde ir!

Se o resto podia ser melhor? Sim, podia. Mas lá está, um espaço que está na moda pode perfeitamente sobreviver sem uma análise mais profunda. Porque quem lá vai, vai pelas pizzas, e a grande maioria das pessoas não pode uns arancini ou analisa profundamente um tiramisu. E por isso, o Il Fornaio 178 cumpre a sua promessa principal: servir uma pizza napolitana autêntica. E do caraças!

Preço Médio: 25€ pessoa (com cerveja)
Informações & Contactos:

Rua François Guichard, 178 | 4100-012 Porto | 22 012 4175

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.