etc e tal

ETC & TAL

Petiscos, Arrozes, Vinhos, etc…

O “boom” de restauração que o nosso País sentiu desde há uns 5 anos para cá fez com que algumas zonas das grandes cidade ficassem sobre lotadas de restaurantes. Aliás, a grande maioria das casa que iam abrindo, optavam por fazê-lo em zona de elevado tráfego de pessoas, talvez com o objectivo de lucro imediato. E isso aconteceu não só no centro de Lisboa (ou do Porto), mas também em zonas periféricas. 
Por isso mesmo, é diferente (e estranho) ver restaurantes novos a abrir em zonas onde a passagem de pessoas não é assim tão acentuada. As razões podem ser várias e válidas, mas é sempre um cenário fora do comum.
E este é o enquadramento perfeito para o Etc. & Tal.

Do exterior não se percebe bem como é o espaço interior…

A aproximação ao Etc. & Tal está longe de ser a mais interessante, muito por causa da localização do restaurante. Fica em Oeiras, perto do Tribunal, mas numa zona que tem muito vida durante o dia e quase nenhuma à noite. Além disso, o prédio onde se situa tem umas arcadas e o restaurante fica debaixo delas, escondendo-o um pouco. O facto de todo o espaço ser envidraçado e dar para ver o interior ajuda um pouco, mas ainda assim é pouco convidativo. Felizmente, quando entramos tudo muda!

… mas quando entramos começamos a ver os (interessantes) pormenores de decoração.

Basta passar a porta e começamos logo a ver os pormenores interessantes a nível de decoração. O espaço é moderno, bem iluminado, um pouco minimalista, mas tem peças decorativas de muito bom gosto e que se destacam no mobiliário. Além disso, somos “recebidos” pela garrafeira, com referência muito interessantes, o que é sempre um bom prenúncio.
Duas zonas diferentes na sala (que faz uma espécie de “L”), uma mais lounge para beber um copo e outra assumidamente de jantar. Ficamos nessa, que tem apenas duas mesas ocupadas mas que vai ficando mais composta com o passar das horas.

Uma sala de jantar e uma zona lounge, para beber um copo.

A lógica do Etc. & Tal é a de uma tasca moderna. A ementa tem diversos petiscos para partilhar, alguns muito nossos conhecidos e outros um bocadinho mais diferentes dos habituais. Não há pratos mas há uma secção de ementa dedicada aos arrozes, onde podemos encontrar vários risottos (todos muito apetecíveis) e outros pratos com base de arroz. Os risottos são tentadores, é verdade, mas ficam para uma outra visita, porque a nossa ideia já estava virada para os petiscos. Até porque se encaixam melhor na carta de vinhos do restaurante.

A ementa é baseada em petiscos e alguns pratos de arroz.

Começamos com um couvert desinteressante, que serve para entreter até chegar o primeiro petisco: Farinheira com Canela e Mel. Parece-nos estranho de início, mas é uma combinação que resulta na perfeição. A farinheira fica com um sabor ainda mais rico por causa do mel e faz-nos acabar com o pão todo. Começamos muito bem!

Um couvert sem história…
… seguido da primeira surpresa da noite: Farinheira com Canela e Mel

E continuamos bem com os dois petiscos que se seguem. Os Camarões com Piri-Piri têm um molho muito rico e picante, que nos transporta para terras africanas, e que serve para pedir um segundo cesto de pão. Por outro lado, os Pimentos Padrón são um clássico, mas aqui são servidos com Linguiça Picante, o que lhes dá um toque muito interessante.

Camarões com Piri-Piri
Pimentos Padrón com Linguiça

Até aqui estávamos bastante bem, mas os dois pratos que se seguiram já não foram consensuais… Em relação ao Pica-Pau, é verdade que devíamos ter perguntado porque é que no nome tem a palavra “amarelo”. O amarelo vem das batatas fritas que estão misturadas com a carne e os pickles, no meio do molho. A carne é boa, tenra, mas as batatas ficam completamente empapadas e sem grande interesse, além de que absorvem demasiado o molho. O prato é um dos “best sellers” do restaurante, por isso pelos vistos nós é que estranhamos.

Pica Pau… Amarelo?

No caso dos Ovos Rotos, são feitos como deve ser. O problema neste prato é que terá ficado demasiado tempo à espera de ser servido, porque quando chega à mesa os ovos estrelados já estão secos… Ou seja, quando os cortamos sai muito pouca gema, o que faz com que o conjunto não fique minimamente envolvido. Uma pena, porque o presunto é bastante bom e as batatas estão bem fritas e nada oleosas.

Ovos (pouco) Rotos

Não foi um fecho em grande, por isso pedimos duas sobremesas, mesmo já estando bastante satisfeitos – as doses são substanciais, bastam 3 petiscos para duas pessoas. O cheesecake é bom, consistente, com boa cobertura; e a mousse de lima também é bastante saborosa, e por ser servida em copo parece ser mal servida, mas engana muito! É o ideal!

Mousse de Lima e Cheesecake de Morango

No final do jantar, o veredicto é claramente positivo, mesmo com os percalços dos últimos pratos. O Etc. & Tal tem uma ideia definida daquilo que pretende ser enquanto restaurante, e está bem encaminhado. A zona pode não ser a mais fácil, mas a verdade é que depois de lá chegar e passar pela porta, o cenário muda radicalmente. Porque a comida é boa e porque há muita simpatia em quem nos atende. Um restaurante familiar, onde todos somos bem-vindos e podemos ficar a petiscar e na conversa durante um bom bocado.
Numa próxima visita, vamos aos risottos. Só para gostarmos ainda mais! 😉

Preço Médio: 20€ pessoa (com vinho)
Informações & Contactos:
Av. D. João I, loja 10-B | 2780-065 Oeiras |  21 807 6822

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.