CLARO (2016)

CLARO (2016)

Sem ponto de exclamação, mas sempre surpreendente!

O Claro mudou.
Mudou de nome (deixou cair o !), mudou de cara (pequenas obras no interior e todo um novo conceito de decoração), mudou de carta (para se adaptar à nova estação).
Mas aquilo que não mudou no Claro foi o que torna este restaurante e o seu chef em casos raros na restauração da grande Lisboa: a busca da perfeição em tudo o que apresenta aos clientes, uma criatividade vibrante na forma como pega no receituário nacional e a sintonia perfeita entre os pratos apresentados e os vinhos servidos.

claro restaurante sofisticado chef vitor claro paço de arcos
Ainda (e sempre) no Hotel Solar Palmeiras, em Paço de Arcos, o Chef Vitor Claro mudou a cara do restaurante. O logotipo modernizou-se e o espaço acompanhou essa busca de contemporaneidade. Iluminação mais clara, tons mais abertos, mobiliário sofisticado. Estruturalmente está na mesma, mas muito mais convidativo.

claro restaurante sofisticado chef vitor claro paço de arcos 2
Na primeira sala, uma mesa do Chef, para jantares especiais, focados no novo menu de degustação. Sempre bem disposto, o Chef Claro acompanha todo o jantar e fala com entusiasmo acerca dos pratos e também dos vinhos servidos, que cada vez mais são da sua autoria: o novo Foxtrot e o clássico Dominó, que provam que aqui se pensa em todos os pormenores para criar uma harmonia única entre comer e beber.

claro restaurante sofisticado chef vitor claro paço de arcos bacalhau

À semelhança do primeiro texto que publicámos sobre o Claro, também desta vez não vamos desvendar muito sobre o menu de degustação. É uma estratégia do Chef para nos fazer saborear as suas criações sem condicionantes, somos nós que procuramos os sabores e os ingredientes. No final de cada prato vem a explicação e esclarecem-se as dúvidas.
Ainda assim, queremos partilhar alguma coisa. Da carta anterior transitaram dois clássicos do Chef: o Bacalhau à Conde da Guarda e o Ravioli de Gamba e Cogumelos (em homenagem ao Chef Santi Santamaria).

claro restaurante sofisticado chef vitor claro paço de arcos lavagente
Depois ainda há pratos excelentes que envolvem salmão fumado, azevia (o peixe, não o doce de Natal), borrego ou lavagante. Isto apenas para deixar um teaser, porque qualquer um dos pratos envolve um grau de complexidade e técnica espantoso, que tem como resultado uma experiência única. Que dura mais de 3 horas.

claro restaurante sofisticado chef vitor claro paço de arcos azevia
Mais uma vez, o pairing com os vinhos é perfeito e acompanha-nos na viagem que fazemos ao jantar.

claro restaurante sofisticado chef vitor claro paço de arcos sobremesa

O Chef Vitor Claro até pode não ser um dos chefs mais mediáticos, mas não nos cansamos de dizer que é um dos melhores chefs da sua geração. E com a sua crescente paixão pelo vinho, está cada vez mais completo.
E sim, não tem um restaurante no centro de Lisboa. Mas ainda bem. Assim é mesmo único.

Preço Médio: 70€ pessoa (menu de degustação, com pairing de vinho)

Informações & Contactos:
Hotel Solar Palmeiras – Avenida Marginal, Curva dos Pinheiros | 2780-749 Paço de Arcos | 21 441 4231

[codepeople-post-map]

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.