REFEITÓRIO SENHOR ABEL

Refeitório Senhor Abel Marvila
Partilha!

Pizzas… com um toque argentino.

Andamos para regressar ao El Bulo Social Club, do Chef Chakall, depois da nossa primeira experiência (que podem rever aqui). Ouvimos dizer que já está tudo muito mais afinado, por isso queremos comprovar que é verdade. Mas a verdade é que, por mais que se diga que Marvila começa a ser uma zona cada vez mais trendy, parece ficar sempre um bocado fora de mão. Pode ser um preconceito, mas nem sempre é fácil contorná-los. Mas como já andávamos pela zona, há uns dias, passámos à porta do restaurante, que estava fechado para uma festa privada. E foi ao olhar para o lado que nos chamou a atenção outro prédio… onde fomos encontrar o Refeitório do Senhor Abel.

O Refeitório Senhor Abel é o novo projecto do Chef Chakall, assim como o bar mesmo na porta ao lado – o Heterónimo Bar. Os espaços têm ligação física (através de uma porta oculta) e funcionam em complemento um do outro, de forma a dinamizar um pouco a zona. No fundo, se lhes juntarmos o El Bulo, pode dizer-se que estamos a assistir ao nascimento do “império Chakall”. Pelo menos na zona.

Refeitório Senhor Abel Marvila

Se no exterior o edifício já é bastante interessante, basta olharmos pela janela enorme para percebermos que o interior do Refeitório Senhor Abel foi pensado ao pormenor. temos paredes pintadas, pedra, iluminação seccionada e diversa, mobiliário pseudo-vintage e ainda uma espécie de origami gigante no tecto. Há imensos pormenores espalhados pelo espaço que são bastante “instagramáveis”, muitos deles remetendo para aquilo que o espaço era há muitos anos atrás. Muito interessante, esta ideia de manter parte da história do edifício presente no novo restaurante.

Refeitório Senhor Abel Marvila

A ementa anuncia pizzas artesanais e raw food, o que se ajusta às tendências gastronómicas do momento. O problema é que esta “raw food” é basicamente as opções de saladas e carpaccios mais ou menos habituais nos restaurantes italianos (aqui com algumas sugestões de uma nutricionista). Ou seja, uma pizzaria que tem carpaccios e saladas. “Raw food”, portanto.

Em relação às pizzas, podemos pedi-las com a massa normal ou podemos escolher entre 4 tipos de massa especial (com um acréscimo de preço): 7 cereais, amarela com gengibre, de carvão vegetal (preta) e com cânhamo. É uma boa novidade em relação às restantes pizzarias de Lisboa.

Refeitório Senhor Abel Marvila

Começamos com uma miserável bruschetta all’aglio, que é basicamente o couvert, mas que pouco ou nada sabe a alho ou a flor de sal. Felizmente, e ainda no registo dos crús, temos a burrata caprese, servida aberta, com um misto de alfaces e agrião, tomate seco e tomate cherry, pimenta rosa e balsâmico. Uma maravilhosa entrada, fresca, cheia de contrastes, bem servida. Para amostra da “raw food”, o Refeitório Senhor Abel está bastante bem.

Refeitório Senhor Abel Marvila

Refeitório Senhor Abel Marvila

De seguida, as pizzas. Uma normal e uma calzone, só para variar.
Começando pela última, pedimos a Spinaci e Gongonzola – mozzarella, espinafres, gorgonzola e nozes – muito por causa do gorgonzola, um queijo que um de nós adora. Ora, de gorgonzola este recheio tinha muito pouco ou quase nada… e nozes umas duas ou três, no máximo. A massa é boa, fina, saborosa e levemente húmida, mas a grande maioria do recheio é só mozzarella e espinafres. Talvez o conteúdo precisasse apenas de ser melhor espalhado, não sei…

Refeitório Senhor Abel Marvila

Por outro lado, a pizza Mastro Roberto é uma bela surpresa! Em primeiro lugar, por causa da massa, que não é demasiado fina nem demasiado alta, firme. O recheio tem molho de tomate, mozzarella, cogumelos porcini, pancetta, queijo scamorza fumado e migalha siciliana. Tudo excelente, boa conjugação de ingredientes e nas proporções certas. A pizza não é barata mas tem um tamanho considerável e bons ingredientes, por isso nada a apontar. Muito boa mesmo!

Refeitório Senhor Abel Marvila

Esperamos quase 20mn pela nossa sobremesa, uma pizza de Nutella com bom recheio mas com uma massa demasiado dura e sensaborona. Aliás, durante esse tempo de espera vamos vendo algumas pizzas a chegarem a mesas erradas e a voltarem para trás. O restaurante está cheio e o serviço precisa de alguns ajustes, assim como a comunicação entre quem atende e quem faz as pizzas. Mas quero acreditar que isso vai lá com o tempo.

Refeitório Senhor Abel Marvila

Não vai ser o Refeitório do Senhor Abel que, sozinho, vai transformar Marvila numa zona da moda. Nem é esse o objetivo. Mas tanto o restaurante como o bar adjacente são espaços que vão tentar dinamizar a zona. E ambos têm potencial para se tornarem referências na zona, ainda que tenham um percurso a percorrer. No caso do Refeitório, temos um bom conceito e um espaço com muita pinta, por isso, limando algumas arestas no serviço e em alguns pratos, podemos vir ter aqui uma excelente pizzaria. Independentemente da assinatura do Chef Chakall ou não.

Refeitório Senhor Abel Marvila

Preço Médio: 18€ pessoa (com cerveja)
Informações & Contactos:
Praça David Leandro da Silva, 4 | 1950-242 Lisboa | 21 8688023

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta