MOKUZAI SUSHI

Mokuzai sushi
Partilha!

Uma boa opção para almoços.

Quem mora em Paço de Arcos há muito tempo já terá provavelmente ouvido falar do Areias. Aliás, desconfio que muita gente não só ouviu falar, como era cliente assíduo. Restaurante tradicional e familiar, com peixe fresco e uma sopa de peixe do melhor que havia… pelo menos é o que rezam as lendas. Sim, porque não tive o prazer de o conhecer. Infelizmente, pelo que me dizem.

E isto vem a propósito de quê? Pois que vem a propósito do Mokuzai Sushi, que abriu no espaço deixado vago pelo mítico Areias. E pela surpresa que tiveram algumas das pessoas que foram connosco almoçar a este restaurante de sushi. Algumas porque não sabiam que o Areias tinha fechado, outras porque nunca pensaram que ali podia abrir outro restaurante. Felizmente, quando saímos do Mokuzai, a surpresa tinha passado… e transformou-se em satisfação. Moderada, mas satisfação.

Paço de Arcos tem zonas com uma elevada concentração de restaurantes, principalmente na zona “antiga”. Mas o Mokuzai fica numa pequena praceta atrás da estação CP, mesmo no fundo, sem grande destaque. É verdade que quem quer mesmo procura como lá chegar, mas se calhar o toldo no exterior podia ser um pouco mais vistoso. A não ser que o objectivo seja mesmo passar despercebido a quem não o procura.

Mokuzai sushi

A verdade é que entramos no restaurante à hora de almoço e há algumas mesas ocupadas. Nunca enche enquanto lá estamos, mas tem boa afluência. À entrada temos logo o balcão com os sushi men a trabalhar, o que é sempre uma boa montra para um restaurante de sushi. Nessa mesma montra vemos quase só salmão… mas a isso vamos depois.

O espaço não tem muito que se lhe diga, até porque é dominado pelas janelas amplas que ocupam toda a parede virada para o mar. O dia está meio nublado mas ainda assim entra luz… só que não é luz suficiente para grande parte das luzes da sala estarem apagadas. Ou seja, almoçamos assim num meio lusco-fusco estranho.

Mokuzai sushi

O serviço tem assim algo de meio descoordenado. Somos um grupo grande, mas em vez do pedido ser tirado todo ao mesmo tempo, vai aos poucos. Pergunta-se a algumas pessoas, vai-se dizer aos sushi men, pergunta-se a outras, vai-se registar na caixa, pergunta-se ao restante. As bebidas chegam uma a uma, o sushi mais ou menos ao mesmo tempo – mas aqui desconfio que tem mais a ver com a agilidade de quem o está a fazer. Não há também grandes simpatias (isso é sempre um “extra”), mas também não somos mal tratados.

E agora o sushi! Ora, antes de irmos já tínhamos sondado a existência tanto de um menu de almoço (13€ já com bebida, composto por 16 peças), como de uma opção “all you can eat” (15€, sem bebida). À carta os preços parecem um pouco mais caros do que os normais restaurantes de sushi (e há alguns muito concorridos perto, como o Yuzu Sushi Bar, sobre o qual já aqui escrevemos). Mas pelos vistos o posicionamento do Mokuzai Sushi é um pouco mais sofisticado. Veremos se resulta.

Mokuzai sushi

A verdade é que o sushi é muito melhor do que estávamos à espera, mesmo numa versão de menu de almoço ou “all you can eat”! É certo que a variedade de peixes é praticamente nula (com excepção de 4 peças pequenas de sashimi de atum e outras 4 de um peixe branco), mas o sabor das peças que nos chegam à mesa é muito bom!

As peças estão todas imaculadamente montadas, nota-se que quem as faz é bom de faca, e têm o tamanho ideal e a proporção certa de arroz. Arroz esse que é bom, consistente, e também se sente que o peixe é fresco. Mas acima de tudo, não recorrem à tentativa de fazer grandes invenções ou fusões, as peças são simples mas bem executadas.

Mokuzai sushi

O “all you can eat” é também bastante bem servido, e como há sempre a hipótese de repetir, ninguém fica mal. Além do combinado, inclui também hot rolls (estes menos interessantes que os rolos frios) e umas gyosas (pessoalmente gosto da massa mais crocante, mas o recheio não era mau).

Mokuzai sushi

No final, uma sobremesa, para dividir por muitos mas apenas para adoçar a boca. A carta não é extensa nem nada surpreendente neste ponto, há as alternativas normais neste tipo de restaurantes. Pedimos o petit gateaux com uma bola de gelado, nada interessante. O que é pena, porque o sushi surpreendeu.

Mokuzai sushi

Ainda assim, com uma sobremesa medíocre, o veredicto final sobre este Mokuzai Sushi é bastante positivo. Não sendo um restaurante surpreendente, foi dos “all you can eat” melhor conseguidos que provámos na Grande Lisboa. À noite, à carta, não me parece que justifique o preço, mas isso só poderemos saber se lá formos jantar.

Não sei se é este o restaurante que vai fazer esquecer o “mítico” Areias, nem sei se o posicionamento mais premium é o mais acertado para um espaço nesta zona. Mas pelo menos, quando tivermos apetites de sushi ao almoço, já sabemos onde podemos ir e ficar satisfeitos!

Preço Médio: 18€ pessoa (ao almoço, “all you can eat” + refrigerante)
Informações & Contactos:
Largo Leonor Faria Gomes, 10 | 2770-108 Paço de Arcos | 211 313 970

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.