MERCADO DE ALGÉS (actualizado)

Partilha!

Se procuram um mercado com espaço, para comer sentado, sem chatices e fora de horas? É no Mercado de Algés!

A nossa primeira impressão do mercado de algés não foi de todo positiva. Muita confusão, muitos encontrões e preços astronómicos. Mas a verdade é que ultimamente, normalmente sempre fora de horas, precisamos de um sitio certeiro onde ir jantar, vamos directos ao “irmão” mais novo da família dos mercados em Lisboa com o mote “Comer, Beber e Amar”.

mercados-de-alges-exterior

Porque a primeira coisa que se nota quando se entra no dito mercado é o tamanho, muito mais pequeno que os irmãos mais velhos (Campo de Ourique e Ribeira). Mas, mais do que isso, é muito apertado, com muitas mesas e pouca separação entre elas e também em relação às bancadas, o que faz com que as pessoas estejam sempre aos encontrões umas às outras (quando está cheio, o que não acontece sempre…). As duas esplanadas no exterior são bem mais agradáveis.

A 2ª é que, quando comparado com os outros dois irmãos, tem as tais esplanadas com espaço para nos sentarmos, sem confusões nem lutas por lugar! Só depois de tudo isso começamos a olhar mesmo para as propostas de cada um dos restaurantes. Durante várias visitas tentámos provar o máximo de coisas para poder dar-vos uma noção o mais global possível. Vamos a isso?

 NA TÁBUA

– carne, peixe e sandes servidas numa tábua (lá está), com destaque na ementa para carnes diferentes do habitual, como o javali, o veado ou o cavalo;
o naco de cavalo na tábua é bom mas ainda melhor é o veado no caco, com manteiga de alho, rúcula e parmesão, carne tenríssima e conjunto completo muito saboroso;
e as batatas doces fritas, minha gente, são as melhores de Lisboas!

mercados-de-alges-na-tabua-veado

 ATALHO MERCADO

– a qualidade já reconhecida do Mercado de Campo de Ourique e também do restaurante no Príncipe Real;
– numa das visitas provámos a maminha da Escócia (no prato), carne bastante boa mas acompanhamentos abaixo da média (a batata wedge safa-se, mas a salada mista e o arroz não têm qualidade para ser pagos à parte);
– pode-se ainda comprar carne tipo talho, mas a preços realmente muito inflacionados.

CAZINHA PORTUGUESA

Pratos portugueses, tradicionais e ainda churrasco

– Fomos lá directos para provar as pataniscas com arroz de tomate mas foi uma desilusão… patiscas elásticas e arroz de tomate normalissímo.

SAI FISH (ainda não visitámos)

AQUI HÁ PETISCO

– tem, como o nome indica, petiscos…
Petiscos do mar, do campo, especialidades
– as doses são razoáveis, tendo em conta o preço, mas o tempo de espera foi o maior de todas as bancas (mais de 15 minutos para o choco frito, por exemplo).

mercado-de-alges-choco-frito-banca-do-petisco

HORTA DO MERCADO (ainda não visitámos, mas aparenta ser a banca mais saudável do mercado!)

SUSHIC MERCADO

– era a maior expectativa quando se começou a falar da abertura do Mercado de Algés, aquele que foi considerado um dos melhores restaurantes de sushi do mundo (saiba-se lá porquê…) a chegar finalmente a Lisboa…
a oferta é limitada, tendo em conta o sítio onde está, e o preço também é desajustado para o cliente que vai a um mercado destes (14€ por um combinado de 11 peças, onde a fusão é basicamente os molhos que colocam em cima dos rolos, é um bocado exagerado…);
o sushi é bom, mas não é extraordinário, os crocantes (tipo cones de gelado com recheio) pecam pela massa ser pouco crocante, mas os temakis são bastante bem servidos (provámos um de tempura de polvo que estava excelente).

mercado de alges sushic no mercado sushi

OFICINA ITALIANA (ainda não visitámos)

ATALHO BURGER

– irmão do Atalho, aqui estamos a falar só de hambúrgueres, de vários cortes diferentes;

o engraçado é fazerem o hambúrguer à nossa frente, o que até parece que o torna mais saboroso e tudo! A carne é boa, os hambúrgueres são bem grelhados, pena o preço só incluir 2 ingredientes…

CHAPA 4 (ainda não visitámos, mas ao que parece servem especialidades do Porto!)

ARTISANI

– Uma marca relativamente conhecida, com uma boa oferta de gelados.

DOÇARIA DO MERCADO

– para os mais gulosos, bolos e mais bolos…
olhas para a montra e queres comer tudo, porque todos os bolos têm bom aspecto… até olhares para o preço (3,5€ uma fatia de bolo)!

Em resumo, há boas ofertas e conceitos interessantes no Mercado de Algés, principalmente quando se está indeciso onde ir jantar e já passa das 21h.  Pelo menos a nós safa-nos sempre 🙂

Informações & Contactos:
Rua Luís de Camões | Algés | 21 596 8019

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.