MERCADO DA RIBEIRA – TIME OUT MARKET

Partilha!

Para comer, beber, conversar e ser visto… E tudo em estilo!

Quando, em 2014, o renovado Mercado da Ribeira abriu, tenho de ser muito sincero: fui um daqueles que achou que este conceito não iria vingar. Uma coisa assim no género dos mercados em Madrid mas com foodcorners de Chefs é tal, muito trendy porque aquele foi um ano de mercados… Mas pensei mesmo que não ia aguentar-se na moda durante tanto tempo. Estava errado, completamente errado.

A verdade é que os anos foram passando e o (agora) Time Out – Mercado da Ribeira não só se aguentou como continua a ser um sucesso! Sempre cheio, seja qual for a hora do dia, maioritariamente com turistas, é verdade, mas sempre cheio!

O facto de estar efectivamente sempre cheio faz com que o espaço pareça pequeno ou mesmo ter poucos lugares sentados, mas nada disso. Há muito sítio para sentar… Se conseguirem encontrar um lugar, claro. Quando cheio não se nota que a música ambiente está sempre um bocado alta, mas de qualquer forma há aqui um vibe muito interessante e cosmopolita. E a oferta gastronómica é, na sua grande generalidade, muito boa!

E o que é que se come no Mercado da Ribeira? Pois que podemos oscilar entre os foodcorners de restaurantes mais nou menos conhecidos em Lisboa, que trouxeram para aqui uma espécie de “best of” dos seus pratos. As mais recentes aquisições são o Ground Burger com o seu fenomenal Bacon Cheese e a Zero Zero e as suas pizzas maravilhosas.

Mas há muitos mais: O Prego da Peixaria, a Confraria, o Asian Lab, o Monte Mar, o Café de São Bento (com o seu bife habitual e um excelente Prego Mediterrânico, mas provavelmente o restaurante com maior tempo de espera de todos…), entre outros.

Depois há espaços com conceitos diferenciadores e vencedores (tendo em conta que se mantêm abertos):

Croqueteria
– tem croquetes de tudo é mais alguma coisa, como o de bacalhau e chouriço ou os de alheira com grelos ou atum com tomate seco, ambos fantásticos;

SEA ME – Peixaria Moderna
– provámos as vieiras coradas com tártaro de manga, vieiras cozinhadas na perfeição e o tártaro com um toque picante muito agradável

Tartar-Ía
– são tártaros de todo o mundo, de peixe, carne ou vegetarianos… mas são todos fabulosos!
– o tradicional é muito bom e acompanha com com uma espuma de batata magnífica, mas o tártaro de arenque e beterraba é uma coisa do outro mundo, com um sabor e textura excelentes!

E depois ainda há food corners de Chefs com renome no panorama gastronómico nacional, e isso torna o Time Out Market ainda mais interessante! Vamos a isso:

Chef Marlene Vieira
Uma das poucas Chefs femininas a vingar na alta gastronomia nacional, que esteve à frente do maravilhoso Avenue e agora tem o Panorâmico, em Oeiras.
– no mercado há muita escolha, como por exemplo o arroz cremoso à bulhão pato com tataki de espadarte (um dos pratos emblemáticos da Chef), fenomenal!


– e ainda fomos arrebatados por uns cogumelos recheados com alheira de caça e ovo de codorniz, uma explosão de sabor fantástica!

time out mercado da ribeira 3

Chef Miguel Laffan
– uma oferta muito diferente do que estaríamos à espera de um Chef que já foi Michelin, e que aqui no mercado já serviu só pratos de frango e, noutra altura, mini bolas de berlim com vários recheios… neste momento, para nós, é o mais desinteressante dos 6 foodcorners de “Chef” no Time Out – Mercado da Ribeira…

time out mercado da ribeira 8

Chef Henrique Sá Pessoa
Um dos Chefs mais mediáticos de Portugal, com uma Estrela Michelin e uma carreira sempre presente na televisão (mas que, para nós, já foi mais interessante do que é…)

– provámos lá um tártaro de robalo, que basicamente é uma ceviche, mas bastante boa

– o ovo a 64º desiludiu um pouco, principalmente por causa do puré que o acompanha, pela sua falta de sabor…

– o bacalhau batoteiro também é perfeitamente normal, numa mistura de brás com espiritual sem grande história;

– o tataki de salmão com noodles é interessante e bem apresentado, ainda que seja um prato “fácil” para um Chef deste calibre (e só foi opção porque, neste noite, a sandes de leitão já tinha acabado!)

– finalmente, um flã de requeijão com abóbora que ganha o prémio da sobremesa de todos os foodcorners de Chef deste Mercado da Riberia!

Chef Miguel Castro e Silva
Outro Chef de renome em Lisboa, este com uma abordagem mais clássica, ainda que com toques de requinte (como se pode experimentar no excelente LUMNI, sobre o qual já aqui escrevemos).

– seguindo a lógica de trabalhar receitas e ingredientes nacionais, temos um excelente brás de pato, mas com acompanhamento fraquinho (folhas de alface, sem molho nem tempero)

– e uma francesinha bem servida e muito boa, que só peca por não estar completamente afogada em molho como nos restaurantes tradicionais, porque o dito molho é muito bom e acaba cedo!!!

Chef Alexandre Silva
Um dos Chefs mais estimulantes e surpreendentes na nova gastronomia portuguesa, responsável pelo fenomenal LOCO, sobre o qual têm mesmo de ler aqui! No mercado o Chef não é tão “experimental” como no seu restaurante de Estrela Michelin, mas ainda assim serve dos pratos mais interessantes do Time Out Market!

– o best seller é a barriga de porco com puré de ervilhas e couve pak choi salteada… e merce, porque e um prato que nos faz a noite! Carne perfeita, pele estaladiça, puré excelente, enfim, uma maravilha!

– e ao longo do tempo já lá comemos o escabeche de codorniz e cogumelos, com muitos elementos, uma apresentação excelente e, na minha opinião, uma maravilha; assim como o bacalhau a baixa temperatura com migas de coentros e tomate, provavelmente dos melhores pratos de bacalhau que já comemos, acompanhado de umas migas fabulosas! Pratos que não estão na ementa actual mas sem dúvida vão voltar.

time out mercado da ribeira 9

time out mercado da ribeira 11

Chef Kiko Martins
Outro Chef que não precisa de apresentações, porque vai abrindo restaurantes sempre com sucesso (O Talho, A Cevicheria, O Asiático, O Watt…). Neste O Surf & Turf temos uma espécie de “best off” de pratos servidos pelo Chef:

– os célebres Croquetes de Cozido à Portuguesa, aqui servidos com anchovas;

o Ceviche d’A Cevicheria (provavelmente o melhor de Lisboa!), onde aqui se acrescentam Pipocas de Porco;

– ou o Tártaro d’O Talho, com alga nori e tinta de choco.

Mas a oferta é ainda mais do que tudo aquilo que escrevemos até agora, e tem uma rotatividade alta. Entre o interior e o exterior do Time Out Market – Mercado da Ribeira ainda podemos encontrar a Marisqueira Azul (com uma grande oferta de marisco da nossa costa e ainda alguns bifes), o Balcão da Esquina (outra espécie de “best off” dos restaurante dos Chef Vitor Sobral, com alguns pratos emblemáticos tanto da Peixaria como da Tasca… da Esquina) ou a Cozinha da Felicidade (da responsável pelo boom das tascas modernas em Lisboa, com a Taberna Ideal, a Petiscaria Ideal e ainda o Pharmacia, aqui numa ementa com base em petiscos e sem grande surpresa…).

novidade onde vamos jantar balcão da esquina mercado da riberira lisboa

Para outras opções de sobremesa ainda há gelados do Santini (com menos sabores que nas lojas e com bombons gelados, que em conceito são interessantes mas na realidade são apenas chocolates com um recheio frio…) e bolos saborosos no Nós é Mais Bolos.

As mais recentes aquisições neste campo foram a Manteigaria (pastéis de nata artesanais, por muitos considerados os melhores de Lisboa, e onde toca uma sineta sempre que sai uma nova fornada) e o L’Eclair, com os seus emblemáticos (e deliciosos) eclairs, como o de lima, hortelã e lichia.

Para beber, temos o Mercado do Gin Tónico (que serve… gins!), o Cinco e Meio (uma derivação do Five Lounge, um dos melhores spots de cocktails de Lisboa) e o Bar da Odete, com vinhos muito bons a preços médios e um atendimento 5 estrelas.

No final de tudo isto, fica uma experiência muito positiva neste Time Out – Mercado da Ribeira. Um espaço que não é barato, mas onde a maioria das ofertas tem uma qualidade acima da média, mesmo que para isso tenhamos de lutar por um lugar sentado. Não é um conceito que eu adore e volto a dizer, é um conceito que pensei nunca vir a resultar. Mas estava completamente enganado!

Este não é um sítio para vir comer muito, é um sítio para visitar várias vezes e ir experimentando tudo o que tem para oferecer. Porque todas as vezes vamos ter uma surpresa diferente!

Preço Médio: 8€ a 20€ (nos diversos restaurantes) e 15€ a 25€ (nos food corners dos Chefs)
Informações & Contactos:
Avenida 24 de Julho | 1200-481 Lisboa

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.