CÓRSEGA

córsega restaurante benfica
Partilha!

Um restaurante que parou no tempo.

Já aqui escrevi algumas vezes acerca dos chamados restaurantes “familiares”. São aqueles restaurantes – independentemente do seu género – que estão associados a momentos em família. Onde íamos com os pais ou com a família toda, ou só porque sim ou então para comemorar alguma coisa especial. E que tinham aquele feeling especial que guardamos com muito carinho. Ou, pelo menos, é como nos lembramos deles. Porque às vezes acontece que voltamos lá noutro contexto e percebemos que as coisas são um bocado diferentes…

Durante vários anos, visitei o Córsega em jantares de família. Fica mesmo em frente à igreja de Benfica e, embora possa dar ideia de ser um italiano, não é. Comida portuguesa, com destaque para os grelhados.

córsega restaurante benfica

Sala relativamente grande, decoração tradicional, enorme balcão à entrada com os cortes de carne e os peixes em exposição. Tudo aquilo a que estamos habituados num restaurante deste género, mas que parece estar exactamente igual desde sempre. Os empregados parecem ser os mesmos de sempre, tal é a forma como se “encaixam” no ambiente. Aliás, mesmo as outras mesas ocupadas parecem fazer parte do cenário da casa… parece mesmo que aquelas pessoas estavam ali todas as vezes que lá fomos jantar…

córsega restaurante benfica

De todas essas visitas ao Córsega em registo de jantar de família, tudo corria bem com o atendimento, porque todos se conheciam, e sempre achei a comida muito boa, no registo tradicional. Mas os tempos mudam e a nossa maneira de ver as coisas também… assim como o nosso grau de exigência.

córsega restaurante benfica

Recentemente, no mesmo contexto mas com um grupo mais adulto… aquilo que sentimos foi alguma distância e indiferença no serviço, às vezes a despachar, sem simpatias. Lá está, se calhar sempre foi assim, mas quando éramos mais novos víamos as coisas de forma diferente….

A comida, essa continua boa, mas sem surpreender tanto como nos parecia que surpreendia antes. Estamos no registo da cozinha tradicional, com pratos como as iscas fritas à portuguesa, os miúdos de cabrito com arroz malandrinho, os filetes de pescada com arroz de tomate (bastante bons, ambos) ou os secretos de porco grelhados.

córsega restaurante benfica

córsega restaurante benfica

Ou outros pratos que são especialidade da casa, como o cabrito grelhado, o polvo e bacalhau à lagareiro ou os vários bifes e naco na pedra. Tudo coisas que nos são familiares e que aqui são cozinhadas de forma competente, mas sem surpreender. Os acompanhamentos são iguais para a grande maioria dos pratos, batata frita e um esparregado sofrível. Não se inventa nada.

córsega restaurante benfica

Sobremesas caseiras, com altos e baixos… por exemplo, excelente o molotof e bastante mau o bolo de bolacha (fino, sem altura nenhuma, completamente empapado).

córsega restaurante benfica

córsega restaurante benfica

Há restaurantes que parecem ter parado no tempo há muitos anos atrás, e o Córsega é claramente um desses sítios. Tanto pela decoração, como pelo serviço, passando pela carta e pelos próprios clientes. Aqui claramente não há uma vontade de inovar, mas talvez porque não exista essa necessidade. Na zona em que está inserido, é um restaurante que cumpre aquilo que quem lá vai há muitos anos pretende.

Para nós, à medida que vamos ficando mais exigentes e adultos, o sítio vai perdendo um bocado aquela “magia” da qual nos lembrávamos. Não quer dizer que seja mau, mas ficou parado numa década que já não é a nossa. Só isso.

Preço Médio: 15€ pessoa (com vinho da casa… mas não abusem das entradas que trazem para a mesa)

Informações & Contactos:
Estrada de Benfica, 717 A | 2610-047 Lisboa | 21 760 4415

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta