RESTAURANTE OCEANÁRIO (Peniche)

… pelo menos tem vista para o mar.   Culpamos parcialmente a Tasca do Joel pelo almoço muito fraquinho que tivemos no Oceanário. Porque antes da mudança de planos fomos duas vezes até à Tasca do Joel e a simples resposta que tínhamos de esperar foi tão mal educada (das duas vezes, no espaço de […]

TABERNA SANTA MARTA

Uma opção segura para jantares de grupo.   A Rua de Santa Marta deve ser uma das ruas com mais restaurantes em Lisboa. Não bate a Rua dos Correeiros, mas anda lá perto. Restaurantes porta sim porta não, e de todos os tipos: tascas, restaurantes tradicionais, pizzarias, hamburguerias, russos, indianos… enfim, de tudo um pouco. […]

O RETIRO DO MOCHO (Montargil)

retiro do mocho montargil

No reino da “lentidão alentejana”… Podia começar este texto com uma piada de alentejanos, daquelas sobre serem lentos e fazerem tudo nas calmas. Mas sei que depois ia aparecer aqui malta indignada, que não ia perceber que a piada era apenas um enquadramento para aquilo que foi o nosso jantar no Retiro do Mocho. Porque […]

O MIROMA (São Miguel, Açores)

restaurante miroma ilha de são miguel cozido das furnas

Fomos comer Cozido das Furnas ao Miroma! Um disclaimer inicial: todas as refeições de cozido das furnas deviam começar pela visita às ditas furnas! Porque é toda uma experiência que vai ajudar a condicionar a refeição em si, assim como torná-la mais característica. E o cozido das furnas, além de ser um ex-libris dos Açores, […]

SOLAR DA LOBA

Uma boa opção para almoços.   Há imensos “restaurantes tradicionais” em todo o país. Restaurantes que não são tascas nem espaços sofisticados, são apenas restaurantes com comida tradicional, decoração tradicional, serviço e clientes tradicionais, que não querem ser mais do que isso. E aos quais vamos por uma questão de proximidade ou afinidade. O Solar […]

MARIA AZEITONA (Amadora)

maria azeitona restaurante amadora

Lentidão, encontrões, altos e baixo… e azeitonas, claro. A curiosidade em ir ao Maria Azeitona era muita, e já há algum tempo! Porque quando estivemos no vizinho do lado – o Happy Comida Caseira (sobre o qual escrevemos aqui) – várias pessoas nos escreveram a dizer que tínhamos mesmo de experimentar o Maria Azeitona, porque […]