A PARREIRINHA DO PARAÍSO

Uma tasca com “T” grande!!!   Quem me tira uma boa tasca, tira-me tudo! E tascas há muitas em Lisboa, é verdade, mas também é verdade que elas vão ficando cada vez mais esquecidas com o crescimento do cenário gastronómico da cidade. Há cada vez mais restaurantes da moda onde toda a gente quer ir. […]

HAMBURGUÊS – HAMBÚRGUERES ARTESANAIS

Hambúrgueres, em Português.   Há zonas na grande Lisboa que têm efectivamente demasiada oferta para a zona em si. Ou, pelo menos, isso é o que parece à primeira vista. Mas depois vamos até lá num dia de semana ao almoço e os restaurantes estão todos cheios. Por isso, não é surpreendente que apareçam restaurantes […]

CERVEJARIA O TREVO

Bifana ou Prego?   Essa eterna indecisão ao balcão de uma tasca… 😛 E nem vamos entrar pela discussão de onde é que se come o melhor prego ou a melhor bifana da cidade, porque então nunca mais daqui saíamos! O Trevo é um velho conhecido, de quando era adolescente. Noites de copos a começar […]

CAFÉ BOAVISTA – CASA DAS BIFANAS “ORIGINAIS” (Vendas Novas)

As Bifanas originais!   Bifanas… pois que está aberta a discussão! A discussão sobre onde se come a melhor bifana (em que zona do País ou em que restaurante), a discussão sobre o tipo de bifana (mais fina e sem molho ou cheia de molhanga ou com vários pedaços de carne), a discussão sobre o […]

Restaurante VIA LÁCTEA

via láctea restaurante tradicional

Tascas… como as adoro! 🙂 Para mim, há algo de mágico em entrar num restaurante cheio e onde percebemos que toda a gente se conhece. Isso geralmente acontece em restaurantes tradicionais ou em tascas, e é talvez por isso que são os meus preferidos! Por isso… e pela comida, claro! O Via Láctea é um […]

ZÉLUNA

Uma tasca onde nos sentimos em casa!   O fenómenos das tascas de Lisboa parece estar lentamente a voltar à ribalta. Depois de muito tempo com modas mais ou menos internacionais – pizzarias, hamburguerias, japoneses, petiscarias… – parece haver um lento movimento de promoção das tascas em Lisboa. O que é muito bom, porque grande […]