CANASTRA DO FIDALGO (Costa Nova)

Partilha!

O (segundo) melhor bolo de bolacha do Mundo!

Estávamos pela zona de Aveiro e lançamos o repto no site, sobre restaurantes para ir almoçar. Quando o fazemos, é comum haver respostas repetidas, ou seja, sítios que são recomendados por mais do que uma pessoa. Pesquisamos um pouco e então decidimos. Neste caso específico, houve algumas pessoas que responderam com a sugestão do Canastra do Fidalgo, na Costa Nova. Honestamente, nunca tínhamos ouvido falar, por isso resolvemos pesquisar. E um dos primeiros resultados chamou-nos logo a atenção! Porque falava acerca do “melhor bolo de bolacha do Mundo”!!!

Ora, quem me conhece, sabe que há pratos aos quais não consigo resistir em qualquer restaurante: carne de porco à alentejana e bacalhau à brás, e no caso das sobremesas é o bolo de bolacha. São pratos preferidos e que servem de uma espécie de “barómetro” para avaliar restaurantes, se quiserem. E por isso peço-os sempre que os vejo na lista.

Daí que, ao ler sobre este bolo de bolacha, que seria o melhor do Mundo, e tendo em conta que algumas pessoas sugeriram o restaurante para ir almoçar, decisão tomada. Lá fomos nós até à Costa Nova para almoçar no Canastra do Fidalgo.

CANASTRA DO FIDALGO

Começando pelo fim, pelo dito bolo de bolacha. Muito bom, sem dúvida, excelente! Daqueles com manteiga em vez do chantilly que se usa em alguns sítios, acentuado sabor a café, bolacha semi crocante e umdoce de ovos como topping, uma maravilha! Para mim o melhor bolo de bolacha do Mundo continua a ser aquele que a minha mãe fazia em casa, mas em restaurantes este é provavelmente o melhor que já comi.

Sendo que a outra sobremesa que provámos não lhe fica muito atrás: um excelente pão de ló, acompanhado de um doce de frutos vermelhos, que é completamente dispensável porque o próprio pão de ló já é delicioso.

CANASTRA DO FIDALGO

Sim, adiantei-me no tempo, mas tinha de “tirar” o bolo de bolacha da frente. Até porque foi uma óptima forma de terminar uma refeição… boa.

A começar logo pelo couvert, com 3 tipos de pão a acompanhar um belo paio e um queijinho seco muito bom. Coisas simples mas que resultam sempre.

CANASTRA DO FIDALGO

De seguida, enguias. Sim, enguias, esse bicho que não agrada a toda a gente, mas que bem cozinhado pode ser muito bom. Aqui servido frito, quase panado, ainda crocante, carnudo, dose bastante grande. Basta espremer limão em cima e depois é pegar com as mão e comer.

CANASTRA DO FIDALGO

E para prato principal, não inventamos. Todas as mesas à nossa volta estão a comer um tacho enorme de arroz de marisco, por isso resolvemos fazer a mesma coisa. O que nos trazem para a mesa é realmente um tacho de grandes dimensões, e quando nos servem vamos percebendo que há muito marisco neste arroz. Não necessariamente em variedade mas sim em quantidade. Ainda assim, muito marisco é sempre bom. Ora, sendo isso o positivo, o menos bom é que o arroz devia estar mais apurado. Ou mais picante. Ou qualquer coisa, porque ainda que não fosse mau, esteve longe de estar perto dos melhores arrozes de marisco que já comemos. Quando comentamos isso com o empregamos, explicam-nos que têm de o fazer assim por causa de quem não gosta de sabores mais fortes e até nos trazem logo o picante para a mesa… mas deviam tê-lo trazido logo de início (sendo que acrescentar picante de frasco no prato nunca resulta da mesma maneira…).

CANASTRA DO FIDALGO

Voltando à ordem certa das coisas, a verdade é que terminamos este almoço no Canastra do Fidalgo em alta, por causa das maravilhosas sobremesas! Mesmo que o arroz de marisco fique um pouco aquém das expectativas, tudo o resto foi bastante razoável. E caro, também, porque estamos a falar de uma zona turística.

Se o arroz de marisco vale a viagem? Não, de todo. E o bolo de bolacha, vale a viagem? Aí já hesitamos um bocado, e até é possível que valha. Porque é verdadeiramente magnífico. Mas como o resto do conjunto não o acompanha da melhor forma, se calhar esperem por estar mais perto da zona e então façam o desvio para ir até ao Canastra do Fidalgo.

Preço Médio: 28€ pessoa (com vinho)

Informações & Contactos:
Avenida José Estêvão, 240 | 3830 Costa Nova, Aveiro | 234 394 859

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta