BEIJA-ME BURRO

beija-me burro tasca moderna petiscaria petiscos oeiras ementa
Partilha!

Petiscos, com um twist!

Ok, quando pensas que as petiscarias modernas são todas mais do mesmo, eis que te aparece à frente uma que só pelo nome já chama a atenção. Beija-me Burro?! Wtf?! Pois, é isso mesmo. Sim, o nome chamou-me a atenção, e depois deram-me a dica “olha que ali come-se bem”. Honestamente, preciso de pouco mais 😉

Situado numa zona residencial no centro de Oeiras, o Beija-me Burro passa um pouco despercebido na rua, pelo menos durante o dia. O GPS ajuda. Debaixo de umas arcadas, por fora o espaço parece maior do que é: cerca de 12 mesas, com um balcão de madeira, decoração na onda da tasca moderna mas com apontamentos tipo azulejo nas mesas que revelam bom gosto. Isso e a louça também. Muito giro.

O restaurante está praticamente cheio à hora de almoço, o que torna o serviço um pouco lento, mas nada de grave. Há um registo de pratos do dia que facilita as coisas, com 2 pratos diferentes cada dia da semana. No dia em que fomos havia um creme de castanhas fabuloso para começar. E quando digo fabuloso, era mesmo fabuloso! Cremoso, rico em sabor, substancial.

Mais normal, mas ainda assim bastante razoável, o folhado de bacalhau. Um folhado, bem recheado, acompanhado de salada de pacote e batata frita oleosa. Mas razoável, o folhado. O preço do menu é apetecível e as doses são boas, por isso é uma boa opção.

Mas mais do que os pratos do dia, o Beija-me Burro é um espaço para petiscar. Pelo menos é assim que se define. E aqui também há alguma surpresa, com variações dos petiscos mais básicos e outras inovações. Umas melhor conseguidas que as outras, mas pelo menos arriscam a fazer coisas diferentes!

Servidos em pequenas taças e sempre com tostas, numa mesma tábua chegam-nos à mesa os ovos mexidos com pimentos e queijo fumado, onde a adição dos pimentos até é interessante mas o que estraga o conjunto é uma base de batata cozida… saiba-se lá porquê; e também o pesto de favas com morcela de arroz crocante é uma excelente ideia, esta muito bem executada e saborosa.

Mais substancial, mas ainda no registo dos petiscos, temos as lasquinhas de acém de novilho com molho de vinho tinto e cravinho, quase uma espécie de pica-pau mas sem ter nada a ver. O molho podia estar um pouco mais apurado, mas a carne era de boa qualidade. Batata frita caseira a acompanhar.

Para terminar, uma espécie de tarte banoffee, sobre a qual a fotografia diz tudo: potente, doce, viciante!

Aquilo que retemos do Beija-me Burro é que, independentemente de alguns altos e baixos, há aqui uma vontade em sair do registo pré-formatado das petiscarias modernas. Há pontos comuns, mas também há sempre um twist. O que é agradável de ver! Não sendo brilhante, é um restaurante bem interessante!

Preço Médio: 16€ pessoa (3 petiscos e cerveja)

Informações & Contactos:
Rua Dr. António Patrício Gouveia, Nº 8, Loja B | 2780-185 Oeiras | 961 620 947

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta